Aulas (Acabaram)

Graças a Deus as aulas acabaram, mais sabe quando fica aquele gostiho de quero mais? È assim que eu to me sentindo, por mais que fico feliz de ter me livrado das professoras, sentirei saudades delas ( de verdade ). Mais o que fico mais triste é de não ter feito coisas (certas coisas) porque eu não tinha coragem. Querem uma dica? Não é sempre que devemos ouvir as amigas, ontem ( 08/12/10 ), ultimo dia de aula ouvi elas, e quer saber o que aconteceu, me decepcionei mais do que já estava. E como se isso fosse possivel,  agora eis- me aqui , postando em um blog pois não tenho mais nada o que fazer.

Acabou aquela vontade de acordar ás 6:00 da manhã pensando no que aconteceria na selva que é minha classe, o que iria acontecer com uma pessoa especial, de como seria a pior, a melhor e mais engraçada bronca do dia. Mas não agora tenho quase 2 meses pra esperar pra sentir tudo o que sentia.

È dificil acordar sabendo que tudo para o que você vivia acabou e você vai ter que esperar para que aconteça de novo.

Mais é facil, é um pouco dificil, mais é só esperar um pouco mais que tudo ja vai voltar ao normal.

Anúncios

EEESSSCCCOOOLLLAAA

Cê já percebeu que a escola é um bicho de sete cabeça.

Para nós garotas não basta sermos normais temos que nos produzir na medida certa.Se um pouco a menos na maquiagem, ja é motivo para sermos feias, um pouco a mais exageradas.

CAAARRRAAA, se toquem, somos quem queremos ser. È dificil meninas eu sei, mais vamos ver o nosso ponto de vista, aquelas que dizemos que são “populares” podem fazer tudo o que quiserem tecnicamente.

Vocês notaram? O que?  Um buraco no meu da sua cara…. È isso aii sua BBOOCCAA, então abram ela e vamos para um protesto… Vamos lutar pelo o nosso objetivo….

O objetivo? Eu tambem não sei, mais, só posso dizer que nosso dever é sempre lutar pelo queremos e não deixar nada nos ferir, porque dizem que boas garotas devem ficar caladas, de jeito nenhum não adiem seus planos. Sejam livres para pensar  e expressar seus sentimentos para quem quiserem 😉

Vamos lá hoje fico por aqui e acessem um blog que descobri eh muito legal acessem:

G.WORD.OFICIAL.ZIP.NET

BEIJÕESSS

PS: SEGUE NO TWITTER ? @BECKYALWAYS

Cheguei com tudo

Cara, eu sei muito bem o que é sofrer de uma forma sem dor….

Podemos sofrer por muitos motivos: amor, familia,perdas, ou até mesmo sofrer de tanta alegria.

Agora vou contar um pouco da minha hitória e me diz se isso é sofrimento, e se for que DILICIA sofrer assim!!!!

Sou muito nova para saber coisas da vida tenho apenas 11 anos 9 meses e  25 dias. Mais o pouco que sei ja estou feliz com minha sabedoria, e que Deus tenha pena dos tolos que acham que sabem tudo. Ao você ler esse texto, vai pensar não foi uma “criança” (por favor, adolescente ou pré adolescente ,criança, não) que escreveu isso tudo. É mais, veja bem, quando se convive rodeado por muitos adultos, incluindo pais, irmãos e cunhados é obvio que vai acabar pegando costumes deles, não concorda, direto ao assunto:

Eu, Rebecca TRALALALALALALA Petrone, definitivamente não tenho uma vida normal. Se você pessoinha que esta na frente do PC tem um pouquinho da inteligente que atribuio durante seus anos de vida, o titulo do blog é , vamos dizer, uma brincadeira de palavras, o A entre parenteses na verdade não era pra estar entre parenteses, mais nessas circunstancias eu tambem tenho uma vida normal.

Motivos porque minha “vidinha”, não é normal, os motivos são bons:

– Tenho 3 irmãos, Renatha, Rodrigo e Raphel (Jean , tanto faz), isso é normal eu sei se espantem com suas idades: Renatha tem 32 anos, Rodrigo 31, Raphael acaba de completar 29. Eu sei, eu sei, que pessoas nasce com o intuito de ter irmãos que tem idades para ser seus pais…. isso não é muito comum.

– Meus irmãos tem filhos. Se eles fossem adiantados, teria ou poderia ter sobrinhos mais velhos do que eu. Isso seria … nem quero pensar um pirralho me chamando de tia sendo que sou mais nova que ele.

– O terceiro motivo não tem muito a ver com os dois. Eu sou feliz diante de todas essas coisas. Que criança, adolescente, pré-adolescente ou pessoas na puberdade teriam uma seguinte resposta pra uma seguinte pergunta:

Seu amiguinho fantastico vai  pergunto “O que você vai fazer hoje a tarde?”

Sua breve resposta ” Depende, depois de pegar meu sobrinho na escolinha, trocar fraldas, tomar um banho, e tambem está na minha lista ser sujada pelos “lindos” gorfinhos do meu lindo sobrinho nenem.”

Eu sei, essa resposta não é normal mais é essa a verdadeira situação que acontece no meu dia-a-dia. E fico muito feliz por compartilhar a alegria de cada sorriso do meu sobrinho de 5 meses, Nathan (que cá entre nós, me ama de paixão só a ouvir a minha voz), ficar triste por cada machucadinho simples, que meu sobrinho Gabriel, de 5 anos, acaba tendo mesmo longe de mim.

Acho, que esses são uns dos motivos que tenho para continuar a viver cada dia com alegria, e ter a esperança de ver os primeiros passos e palavras do Nathan, e receber, nem que seja por um e-mail de Barra Bonita, a primeira prova do Gabriel em que ele tirou um 10.

Agora fala sério não achem que não sou normal, sou sim e muito feliz , e por incrivel que pareça tenho ainda tempo para ficar com minhas amigas que curtem muito meus BEBES>

È isso ai, amanha tem mais, e se acha que isso foi tudo, hãããã~, foi só uma prévia do que está por vir.

BEIJÃO

Olá, mundo!

cheguieii